terça-feira, outubro 11

Que Bonitas São



Que bonitas são
As poesias de Amor.
Fala se do luar,do mar de um Amor que nunca vai acabar.
De fogo,cavalos brancos,lugares distantes,tocar num rosto e um beijo dar.
As poesias de dor!!
Escritas com lágrimas.
Aquelas que nos fazem reflectir,
Portas da nossa Alma que nos trazem recordações tão doces e amargas.
Sonhos desfeitos,que bem escreve quem sofre!
Que preço tão grande a pagar.
Para muitos palavras bonitas,para outros espelhos.
Arrependimentos que nos fazem querer voltar no tempo,
Mudar o que foi,não,fantasias,ilusões.
Momentos de locura
Amar,todos sabemos o que é!!
Porque já o fomos,ou não.
Quem amou,não volta amar.
Sim é uma moeda que se guarda,que se gasta.
E tudo o que fica são as poesias,
Doces que nos fazem sonhar.

1 comentário:

susana disse...

No universo nada se perde
Tudo se transforma
Tudo está em constante mudança
O mundo nao vai parar
E o tempo também não
A terra não vai para de girar
Quer tenhamos dor ou solidão..
A vida tem um destino o fim
E tudo o que gira em torno da sua Mão
Ninguem tem a culpa ou deve pedir Perdão
Se ninguem controla o vento ou o mar
Como se pode adivinhar se um amor irá para sempre durar
Uma coisa é certa ninguem no mesmo rio duas vezes se irá banhar
Pois na vida tudo pode ser semelhante
Mas nada igual
Amor só um poderá haver
Tudo o que vier a seguir
Será apenas eco daquilo que anteceder
Mas a vida continua,a esperança também
Mas quem o coração gela um dia não Derrete nunca mais da mesma forma Para mais ninguem
Quem perdeu a capacidade para amar não a volta a ter é como a papeira só se tem uma vez na vida
Quando recuperamos nada mais nos irá doer
A dor ,as lágrimas tudo com ela acaba por morrer..