segunda-feira, janeiro 9

O que vejo


- foto tirada na carregueira por Cavalero



Foi num dia sem destino
Que minha vida perdi
Embora estivesse vivo
Nada mais senti

4 comentários:

Mery disse...

Olá!!
Vergonha passar aqui depois de tanto tempo, mas infelizmente só vi seu comentário hj.
Eu escrevo, junto com a Luciana no EstranhasMentes, um blog de acontecimentos incomuns(rs) que vc visitou há muito tempo.
Gostei muito da idéia de te linkar e também gostei muito de teres comentado, passei pra retribuir (Apesar do atraso a intenção é boa, viu???).
Prometemos ser blogueiras menos relapsas.

C-ya
Mery

Eushinha disse...

A foto está linda...
Acho que um por-do-sol é sempre um indìcio de recomeço, não de final mas sim de transformação!
Um beijo

Inêsnikel disse...

Bem essa foto é exelente! por-do-sol não há hora do dia mais fascinante como o por-do-sol então visto do campo ou da praia é lindoooo!! va meus lindos se cuidem milhões de beijinhosssss e um xi-coração!!:D

susana disse...

Nao é dificil tirar fotos lindas em sitios que já o são por si:)tou a brincar a foto tá linda parabéns!