quinta-feira, maio 25

A minha Alma

Não sei que esperas de mim
Não sei o que queres que te diga
O tempo passa por mim,por ti
Já não sei quem sou
Já não sei quem és



Um sonho
Uma vida

Foi bom,doce
Agora já não me conheco
E tu quem és.
Duro,frio,Triste e só

não consigo amar porque te amei
Sabes há coisas na vida que apenas têm valor a teu lado
Lado esse...que me fez chorar
Já não correm nos meus olhos, perderam o brilho
Vazio dia a dia
apenas à espera que se fechem
Escondo-me no fumo,não penso nada faço
e aqui fico escondido no meu buraco onde tudo me afecta e nada me toca
faz tudo o que sonhamos
Sê feliz por ti por mim por tudo o que lutamos
Deves-me isso




Sem isso nada sou

Nada fui

7 comentários:

Telmo disse...

para a pipinha (LOL)
Agora somos 2 estranhos que se conhecem tão bem

Anónimo disse...

oi lindos... por fim a joana dicidiu vir ca komentar....lol.
sinceramonte adorei o poema ta mm um must.... tao todos.
kero k saibam k vos adoro muito e k apesar da distancia trazer a saudade nunca ira trazer o eskecimento...pois amigos komo vcs jamais eskecerei
bjx pa tds mas um muito grande e especial para o meu pedro

Inêsnikel disse...

k poxo dizer mais se o post diz td! sinceramente amei o post! esta muito sentido:D bem beijinhos pa kem o escreveuuu e um gande xi-coraçao:D es linduuu!!!

pipinha disse...

Não quero que digas nada
Não há nada mais a dizer
Apenas queria que estivesse onde Eu estivesse feliz te pode-se ver
Quem és.. um fantasma talvez
Quem sou eu..nao sei..mas Estranhos isso nunca vamos ser
A mesma alma quando se divide em Dois separa-se para sempre mas Nunca deixa de se reconhecer
O tempo passa tudo mudou,nos Mudamos ,o mundo mudou,
Mas a essência do que vivemos Parece no tempo estagnou
Como um travão nas nossas vidas Como uma maldição que nos assombrou
Morremos os dois para a vida e o Nosso coração gelou
Hoje tenho tudo o que sonhei
O meu tempo parece estar a terminar
Ja realizei o que queria
E não sei por quanto mais tempo Irei continuar
Mas de corção leve gostava de ir
E paz dentro de mim conseguir levar
Era tudo o que eu te queria pedir
Sem mais alguma dor te causar
Guarda-me dentro de ti ,como Dentro de mim sempre iras estar
Lembra-te daquilo que te dei ate a Fonte disso secar
Da o a alguem que ainda tenha Capacidade para amar...

Molghus disse...

Cavalero... com o devido respeito que tu me mereces, vou falar Português contigo e com todas as letras. Fantasmas do passado são exactamente isso. Nada mais que recordações que apesar de merecerem ser lembradas também urge que sejam esquecidas. Não há momentos, por mais belos e sublimes que possam ter sido, que não mereçam a possibilidade de serem esquecidos, pois é a sua ausência que lhes confere a saudade (por oposição à angústia..) que os torna em si mesmos belos. Não há ninguém a quem devas mais que a ti mesmo, não há pessoas que devamos gostar mais que nós. És um gajo tão especial, tão único, tão Lós Telmos que não faz sentido outra forma de pensar que não o clássico "Azar de quem se foi!" De certeza absoluta, que no teu futuro tá a verdadeira maluca da tua vida, mais melhor boa que as outras todas que já foram tuas. Sim, ainda melhor que essas duas brasileiras que tás a pensar... Tudo para te dizer... tu deves a ti mesmo, ser feliz, cagar pra isso e ser tu próprio... é que quando te dispões a isso tens a mania de fazer sempre a coisa certa. Abração daki pá ih putio! Tás lá!

Inêsnikel disse...

oi miguitooo!! cavalero olha axo k o molghus tem tda a razao as vzs temos k eskeçer o paxado! e cm ja te dixe axo k tens k ser feliz se feliz! mas tambem ng manda no coraçao ne? va lindo sempre k percisares eu vou tar aki!! beijinhoosss gandes e caga pk as mulheres as vzs nao sabem o k kerem acreita as vzs arependem-se das cenas mas as vzs é tarde beijinhos pa ti e po molghus portem-se bm mall hehehehe jinhos e xi-coraçao gande pos 2!!1

Cemideias** disse...

Pronto lá está... era disto que falávamos, muito bem... está lindo... Foste muito e és muito, talvez melhor, mais maduro, um pouco triste pelas recordações boas, um pouco feliz, por já o teres sentido a felicidade algum dia.. sentires-te cheio...